Marcos Corrêa | PR

as lideranças americanas seguem alertando o Brasil sobre a gravidade de atuar com empresas chinesas.

O governo Trump vem pedindo aos governos de todo o mundo, incluindo o Brasil, que evitem a Huawei devido a preocupações com espionagem.

Nesta terça-feira (22), na Assembleia Geral da ONU, o presidente Jair Bolsonaro mencionou a instalação da tecnologia 5G no país.

O recado foi claro e objetivo:

A pandemia deixa a grande lição de que não podemos depender apenas de umas poucas nações para produção de insumos e meios essenciais para nossa sobrevivência. Somente o insumo da produção de hidroxicloroquina sofreu um reajuste de 500% no início da pandemia. Nesta linha, o Brasil está aberto para o desenvolvimento de tecnologia de ponta e inovação, a exemplo da indústria 4.0, da inteligência artificial, nanotecnologia e da tecnologia 5G, com quaisquer parceiros que respeitem nossa soberania, prezem pela liberdade e pela proteção de dados”, declarou o presidente.

Opinião 

Positivo, presidente Jair Bolsonaro.

A nação brasileira espera uma atitude firme do governo brasileiro.

O preço da liberdade é a eterna vigilância.

Não podemos arriscar em ter a possibilidade de uma empresa chinesa tomar conta de nossa tecnologia.

A Huawei já foi impedida de atuar em vários países. Portanto, seria ignorância acreditar que no Brasil poderá ser diferente.

Por motivos de segurança nacional, diga NÃO para a empresa chinesa Huawei e sua tecnologia 5G.

Por: Conexão Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *