A Polícia Civil prendeu, nos últimos três dias, três homens acusados de envolvimento em dois casos diferentes de homicídio.

presos-pa

Ricardo Carvalho e Raimundo Carvalho, são acusados da autoria da morte do fazendeiro Antônio André Feline

A Polícia Civil prendeu, nos últimos três dias, três homens acusados de envolvimento em dois casos diferentes de homicídio. Um dos presos, o Márcio Lima da Silva, 26 anos, natural de Rondônia, foi preso em flagrante depois de cometer um assassinato, na cidade de Jacareacanga, sudoeste do Pará.

No outro caso, os irmãos Ricardo Gomes Carvalho, de apelido “Ferrugem”, e Raimundo Gomes Carvalho, mais conhecido como “Nonato”, são acusados da autoria da morte do fazendeiro Antônio André Feline, que era conhecido como “Gauchão Barbudo”, no município de Trairão, na mesma região. Os dois tiveram mandados de prisão decretados pela Justiça. As prisões foram feitas por policiais civis, sob comando do delegado Alexandro Napoleão Sant'Ana.

preso_marciodasilvaMárcio Lima da Silva, de 26 anos, foi preso em flagrante depois de cometer um assassinato,

em Jacareacanga, sudoeste do Pará

Segundo o policial civil, no último dia 31, policiais civis prenderam em flagrante Márcio da Silva, natural de Ji-Paraná (RO). O preso praticou o crime de homicídio qualificado, por meio de arma branca, contra Vanderaldo da Silva e Silva. A vítima foi morta no garimpo de Porto Rico, município de Jacareacanga, na noite do dia 30 de março. Márcio foi transferido ao Centro de Recuperação Regional de Itaituba, onde está recolhido à disposição da Justiça.

Já na tarde de 1º de abril, em Trairão, foram presos os irmãos Ricardo e Raimundo Gomes Carvalho, acusados de participação no homícidio do fazendeiro Antonio André Feline. O crime se registrou em dezembro de 2012 em uma das propriedades rurais da vítima na cidade de Trairão. A Polícia Civil iniciou as investigações, sob o comando do delegado Alexandro Napoleão. Ao final do inquérito, o policial civil concluiu que o autor do disparo da arma de fogo que resultou na morte do fazedeiro foi “Ferrugem”. Ele teria sido auxiliado pelo irmão “Nonato”.

Durante as investigações, a equipe de policiais civis fez a apreensão de uma espingarda que estava em poder de “Ferrugem”. Com as provas, o delegado requereu à 3ª Vara Penal de Trairão a prisão dos acusados. A Justiça concedeu mandados de prisão temporária contra os dois acusados e ainda contra um terceiro envolvido no crime, de nome Claudeir Malaquias Freire, de apelido “Sorriso”, que ainda não foi localizado e está na condição de foragido da Justiça. As investigações prosseguem para esclarecer mais detalhes sobre o crimee para capturar o foragido “Sorriso”.

[divide style=”2″]

Para acompanhar mais notícias de Tailândia, Curta o Portal Tailândia no Facebook facebook.com/portaltailandia.com.brSiga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.

Com infomações: Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *