Reprodução/ Olhar Digital

Previsto para ser lançado ainda este ano pelo Banco Central, o PIX Garantido será um forte concorrente dos cartões de crédito e poderá ajudar a derrubar as atuais taxas de juros. Isso porque ele permitirá o parcelamento das compras, otimizando o processo tanto de pagamento quanto de recebimento, ou seja, será um grande atrativo para clientes e empresas. Cada vez mais popular, o PIX já faz parte do dia a dia dos brasileiros e, agora, estará ainda mais funcional por meio dessa expansão. 

Entenda como funcionará o PIX Garantido 

O PIX Garantido funcionará na mesma dinâmica de um cartão de crédito, abrindo espaço de tempo para o consumidor pagar o boleto. 

Com um valor limite, o novo serviço poderá ser utilizado tanto em compras à vista quanto em parceladas, sem a necessidade de um cartão magnético. 

A grande mudança é que atualmente o PIX só possibilita a realização de pagamentos feitos à vista, isto é, com o dinheiro que se encontra disponível na conta do pagador. 

Principais benefícios para lojistas

O parcelamento das compras através do PIX conta com diversas vantagens para os lojistas, porque promete ajudar na otimização da gestão financeira e na melhoria do fluxo de caixa do negócio. 

Com ele, será possível reduzir as tarifas cobradas pelas operadoras de cartão de crédito, com garantia do recebimento dos valores parcelados.  

Além disso, os lojistas poderão aumentar o valor do ticket médio das vendas. Por enquanto, o Banco Central não divulgou quais serão os limites disponibilizados no PIX Garantido, mas tudo indica que a adesão será altamente bem-sucedida.   

Aceita PIX? A cada dia, modalidade se torna mais popular no Brasil; compras parceladas deverão causar um ‘rebuliço’ no mercado de cartões de crédito no Brasil. Imagem: Drazen Zigic / Shutterstock

Vantagens para os consumidores 

Para os consumidores, haverá mais uma opção de crédito no mercado, melhorando o poder de compra, inclusive com taxas de juros que deverão ser bem menores em relação às operadoras de cartões de crédito. 

A utilização será totalmente tecnológica, sem a necessidade de cartões magnéticos, trazendo um ganho no quesito de sustentabilidade. Trata-se de mais uma inovação com foco na melhoria da experiência do cliente e que, certamente, será muito bem aceita pelos brasileiros. Afinal, quem não gosta de um crédito na praça? 

Por:: Diário de Pernambuco

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.