Foram entregues 30 unidades móveis integradas, 20 de resgate, 165 motocicletas, 15 lanchas, 5 caminhões tanques e outros equipamentos

Os números das ocorrências policiais registradas no Estado do Pará no primeiro trimestre deste ano apontam redução de 10,20% em relação ao mesmo período de 2011. A queda foi identificada principalmente nas ocorrências de homicídios (-7,39%) e nos crimes de roubo (-6,13%). Os dados foram apresentados pelo diretor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Roberto Sena, na manhã desta quarta-feira, 2, durante o Seminário de Gestão por Resultados, realizado no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia.

Na ocasião, o governador Simão Jatene também entregou 30 unidades móveis integradas, 20 unidades de resgate, 165 motocicletas, 15 lanchas, 5 caminhões tanques e 7 equipamentos denominados desencarceradores – utilizados para a remoção de vítimas presas em ferragens. Todos os equipamentos serão destinados para os órgãos do Sistema de Segurança Pública do Pará (Segup, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros).

“De cada três crimes violentos, conseguimos reduzir um. Essas reduções precisam ser festejadas, mas precisam ser compreendidas na dimensão de que daqui para frente vai ser cada vez mais difícil reduzir cada índice. Os números mostram que o trabalho que estamos fazendo está dando certo, mas não pode parar por aí”, enfatizou o governador.

Os dados apresentados durante o evento mostram ainda que em relação ao tráfico de entorpecentes, houve um aumento considerável de prisões relacionadas ao envolvimento com o comércio de entorpecentes e de apreensão de drogas. No primeiro trimestre de 2012 foram efetuadas 4.229 prisões contra 3.913 no mesmo período do ano passado, o que representa um crescimento de 8,7%. Deste total, 22% foram efetuadas por trafico de drogas, sendo 1.350 em 2012 contra 1.101 em 2011.

A quantidade de drogas apreendidas também foi significativa, principalmente a maconha e a cocaína. Somente no primeiro trimestre deste ano foram apreendidos 193 quilos de cocaína, contra 107 quilos no ano passado, além de 248 quilos de maconha contra 136 quilos da mesma droga, em 2011. “A queda destes números não está acontecendo por acaso. Estão baixando pela integração dos órgãos de segurança pública. O governo do Estado está investindo em equipamentos, veículos e unidades de polícia na busca da melhoria do sistema. Uma sociedade moderna precisa ter mecanismos modernos de proteção”, disse o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes.

Modernização

Veículos e equipamentos de segurança estão sendo adquiridos com frequência pelo governo do Estado, com recursos do tesouro estadual e do Fundo de Investimento de Segurança Pública (Fisp). No ano de 2010, a Região Metropolitana de Belém (RMB) contava com apenas 28 câmeras de monitoramento, em 2011 o número aumentou para 60 e até o final de 2012 a previsão é que 261 câmeras sejam instaladas em toda a RMB. Sete helicópteros também estão em processo de aquisição e devem ser entregues ainda no final deste ano. Até 2014 o governo pretende construir 40 unidades integradas de polícia, outras 14 casas penais também estão em construção no estado.

Os representantes comunitários que estiveram presentes no evento ficaram satisfeitos com os números e os investimentos apresentados. “Nós percebemos que a área de segurança está melhorando muito. Hoje quando a gente precisa de uma viatura, ela sempre aparece. Claro que tem muita coisa para melhorar, mas um grande avanço já aconteceu”, disse João Batista Félix, representante da associação comunitária do bairro do Tapanã.

 

Agência Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.