Thayná Fabri, de 24 anos, era muito querida por amigos e torcedores do Cruzeiro. | Reprodução / Instagram

Torcedora do Cruzeiro, Thayná Fabri, de 24 anos, foi assassinada pelo ex-namorado na cidade de Vargínia (MG), na última segunda-feira (30).

O ex-namorado, Paulo César Gomes, armou uma emboscada para cometer o crime. Ele se passou por um cliente e retirou o pai da vítima de um estabelecimento comercial, onde Thayná trabalhava. Com isso, ele teve a chance de ficar sozinho com a vítima.

Ao encontrar a ex, Paulo discutiu e logo em seguida efetuou um disparo contra Thayná, que veio a óbito na hora. Ao perceber que o ex-sogro estava se aproximando, o rapaz efetuou um tiro contra si mesmo.

Thayná não escondia o seu amor pelo Cruzeiro-MG, time de coração, e, vez ou outra, estava nos estádios. A jovem chegou a participar de um concurso representando o clube. A vítima deixa um filho pequeno.

Por: O Tempo

 

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.