Reprodução

Nesta terça-feira, 31, a Secretária Estadual de Saúde (SES) informou que foi notificado o primeiro caso suspeito de varíola dos macacos em Corumbá (MS), cidade a 415 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a SES, trata-se de um adolescente, de 16 anos, residente em Porto Quijarro, na Bolívia. O jovem procurou atendimento médico no município, onde está internado e isolado.

Em nota, a secretaria informou que o adolescente esteve no dia 26 de abril, em Santa Cruz de La Sierra, onde passou por uma consulta com médico neurologista. O paciente fez uso do medicamento carbamazepina e, desde então, relata que após quatro dias da troca de marca do remédio, começou a perceber lesões avermelhadas pelo corpo, espalhando pela boca e pela região genital.

Outras lesões inflamadas foram detectadas no couro cabeludo e tórax, além de febre (38,5ºC), ínguas na cervical, axilas e virilha, sendo esses sintomas da doença.

Segundo a mãe do adolescente, a família não teve contato com ninguém com sintomas semelhantes e que mesmo a sala de espera do médico estando cheia, não havia ninguém com os sintomas citados. Neste mesmo dia, o paciente começou a apresentar manchas avermelhadas pelo corpo, havendo rupturas de lesões na região peniana, mãos e pés.

O adolescente chegou em Corumbá, no dia 29 de maio, e passou por atendimento no Pronto Socorro ficando em isolamento. Na tarde de segunda-feira (30), a vítima foi internada na Santa Casa.

Os sintomas são: dores de cabeça, dores no corpo, nódulos linfáticos inchados, cansaço, erupções cutâneas nas mãos e pés.

Por: G1

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.