Uma mulher de 59 anos foi covardemente espancada a pauladas e asfixiada com um travesseiro pelo próprio companheiro, identificado como Luiz Mario Reginaldo, após pedir separação. A vítima foi socorrida pelos vizinhos e encaminhada para um hospital. O caso foi registrado no município de José Raydan, em Minas Gerais. 

Após as agressões, a mulher entrou em contato com o genro, que não mora na cidade e pediu ajuda aos vizinhos da vítima. Chegando ao local, as testemunhas ouviram os gritos de socorro da vítima. Os moradores arrombaram a porta e encontraram a mulher ferida no chão. 

A polícia encontrou marcas de sangue nos cômodas da residência e um travesseiro que pode ter sido usado durante o ataque do homem. O agressor fugiu após as agressões. Ele ainda não foi localizado. 

A vítima teve uma fratura no braço e apresenta diversos hematomas pelo corpo. 

A polícia está investigando o caso e tentando localizar o suspeito. 

Dol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *