Departamento de Justiça americano informou que o Bourgeois será executado por injeção letal | Divulgação

Condenado por tortura, abusar sexualmente e matar a filha de dois anos, Alfred Bourgeois, de 55 anos, recebeu a sentença de morte e será executado na sexta-feira (11). O homem foi condenado pela Justiça dos Estados Unidos em 2004.

De acordo com as investigações, Bourgeois torturava e molestava sexualmente a filha, até que em julho de 2002 a espancou até a morte durante uma viagem no caminhão dele no Texas. Ele chegou a chicotear a menina com um cabo elétrico e queimar a planta do pé dela com um isqueiro.

A aplicação da pena de Bourgeois estava prevista para 13 de janeiro de 2020, mas trâmites legais impediram o governo de prosseguir naquela data. Em comunicado, o Departamento de Justiça americano informou que o homem será executado por injeção letal no Complexo de Correção Federal Terre Haute, em Indiana.

Por:  Istoé

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *