O acusado resistiu à voz de prisão e atingiu um policial com golpes de facão, o policial reagiu e desferiu um tiro na perna do agressor.

Raimundo da Silva Dantas~1

Raimundo da Silva Dantas, 52 anos tentou abusar de sua nora adolescente de 16 anos. Foto: BMTV

O perigo morava  ao lado, e os vizinhos já desconfiavam do comportamento de Raimundo da Silva Dantas, 52 anos, que morava sozinho. De acordo com moradores que têm medo de se identificar, ele já aliciava as  crianças. Uma vizinha relata que Raimundo ficava o dia com meninas nas pernas.

Outra moradora vizinha conta que teria repreendido seu Raimundo por causa do assédio com a filha adolescente, mas que não imaginava que fosse chegar a esse ponto.

Foi por causa da nora que tudo aconteceu. Seu Raimundo já a assediava e tentou abusar de sua nora adolescente de 16 anos. Os filhos chamaram a polícia, mas o acusado resistiu à voz de prisão, reagiu e atingiu um policial com golpes de facão. O policial desferiu um tiro na perna de Raimundo. Há imagens gravadas por celular que mostram o acusado ferido no chão. Tanto o policial quanto o acusado foram socorridos e encaminhados para o hospital.

O tiro na perna de Raimundo atingiu o fêmur, e acabou quebrando após receber os primeiros atendimentos no Hospital Geral de Tailândia.  Ele foi transferido para o hospital Metropolitano em Belém e autuado por tentativa de estupro e deve responder também por lesão corporal contra o PM. Assim que sair do hospital deverá ser encaminhado diretamente para a cadeia.

O soldado  da PM  Helio Souza que foi atingido a golpes de facão  levou 10 pontos no braço e passa bem. Para o major Robson, comandante da 6ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar), de Tailândia,  o policial agiu em legítima defesa.

[divide style=”2″]

Para acompanhar mais notícias da Região, Curta o Portal Tailândia no Facebook: facebook.com/portaltailandia.com.brSiga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.

Com informações BMTV – Canal 11

Reportagem: Ivete Cordeiro

Imagens: Jefferson Coelho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *