Ideia era que fiéis saíssem dos templos e celebrassem em um único ponto.
Mais de 2 mil pastores e 52 igrejas participaram da 1ª edição da mobilização.

evento-desperta-goiania-50-mil

Polícia Militar calcula cerca de 50 mil pessoas no ‘Desperta Goiânia' (Foto: Reprodução / TV Anhanguera)

A primeira edição do evento evangélico “Desperta Goiânia”, que ocorreu neste domingo (28), reuniu cerca de 50 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, na Praça Cívica, Região Central da capital. O grande culto a céu aberto teve pouco mais de duas horas de duração e contou com a adesão de pelo menos 52 igrejas de toda a cidade.

A mobilização foi organizada pelo Conselho de Pastores de Goiânia. A ideia central do movimento era fazer com que todas as igrejas da cidade fechassem as portas e que todos os fiéis se encontrassem em um único lugar para participar da celebração.

Mais de 2 mil pastores participaram culto. Durante pouco mais de duas horas, vários deles, do alto de um trio elétrico, se revezavam para comandar a festa. A estrutura contava com uma carreta que tinha a função de propagar o som para toda a multidão.

Agentes da Secretaria Municipal de Trânsito (SMT) bloquearam o tráfego de veículos nas proximidades do Centro de Goiânia enquanto o evento era realizado. De acordo com a organização, a previsão é de que o “Desperta Goiânia” deve acontecer anualmente, sempre no último domingo do mês de julho.

evento-desperta-goiania

Pastores se revezavam em cima de trio para comandar o mega culto (Foto: Reprodução / TV Anhanguera)

Propósitos do evento

– Todas as pessoas deverão se locomover para o local do evento mais cedo.
– Usar roupas confortáveis.
– Levar celular ou rádio de mão para sintonizar as emissoras que estarão transmitindo do local, para receber orientações e comandos de oração.
– Levar água, bíblia etc.
– Se organizar em grupos no trajeto de ida e volta para a Praça Cívica, não devemos andar só.
– Não levar somas grandes de dinheiro.
– Evitar todo e qualquer confronto e tumulto,
– Retirar do local do evento todo e qualquer tipo de lixo, que for produzido à sua volta (levar sacos de lixo pequeno).
– Levar um tapete ou almofada para ser usado durante o período de oração que será feito de joelhos (as 19 hrs).

Pauta de oração e jejum para todas as igrejas participantes do evento

Estamos orientando a todas as igrejas para que tenham no período do dia 22 a 26 de julho, um tempo de oração em suas Igrejas Locais. Sugerimos uma hora (cada um se organiza como preferir).

Jejum:
– Sugerimos “jejum” para todos os que podem fazê-lo, durante a semana do dia 22 a 26 de julho, tirando no mínimo, uma das principais refeições diárias.

Alvos de Oração:

1 – Orar para que todos os líderes de ministérios de Goiânia, abram o coração para se envolverem e permitam que suas ovelhas estejam presentes.
2 – Orar pela proteção de todas as pessoas que estarão no evento,
3 – Orar proibindo infiltrações de pessoas de má índole, proibindo todo e qualquer tipo de vandalismo.
4 – Orar proibindo qualquer influência de espíritos de roubo e violência.
5 – Orar para que a unção do Espírito Santo se manifeste no meio do povo de Deus.
6 – Orar pela comunhão do corpo de Cristo nesse evento.
7 – Orar para que a Glória seja do Senhor Jesus Cristo, e não de nenhum ministério pessoal.
8 – Orar para que nenhum proveito possa ser tirado deste evento, através de politicagens ou promoções pessoais.
9 – Orar pela unidade do conselho de Pastores de Goiânia.
10 – Orar pelos poderes: Executivo, Legislativo e Judiciário.
11 – Orar pelo Prefeito e Vereadores, Governador e Deputados Estaduais, Pela Presidente do Brasil, Senadores e Deputados Federais.
12 – Louve e adore ao Senhor, por seus grandes feitos.

“E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.” II Cr. 7:14.

[divide style=”2″]

Para acompanhar mais notícias de Tailândia, Curta o Portal Tailândia no Facebook: facebook.com/portaltailandia.com.brSiga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.

Via, G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.