A Polícia Federal prendeu neste domingo (11) um casal suspeita de cometer crimes de estupro de vulnerável, produção, distribuição e armazenamento de vídeos contendo pornografia infantil. O caso aconteceu em Araripina, no sertão pernambucano.

LEIA TAMBÉM

A vítima é uma menina de 5 anos de idade, abusada e filmada pelo próprio pai, depois dos abusos o homem publicava o conteúdo na deepweb. As investigações, contaram com o apoio da Interpol, o crime era praticado desde agosto de 2020.

A Operação “Protect I” deu cumprimento a dois mandados de prisão temporária e três mandados de busca e apreensão, nas cidades de Araripina, em Pernambuco, e Caldeirão Grande, no Piauí. A ação foi coordenada pela Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro-PE.

Os abusos contra a criança eram registrados em vídeos e imagens e compartilhados na internet. O material pornográfico era produzido pelos próprios investigados e difundido entre outros usuários da rede.

A criança foi resgatada pela equipe da PF. Os investigados foram presos e, caso sejam condenados, suas penas podem alcançar até 33 anos de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *