Diversos serviços serão oferecidos durante os três dias da equipe da Caravana Pro Paz em Tailândia.

pro-paz-tailandia-paCaravana Pro Paz fazendo atendimentos

A equipe da Caravana Pro Paz ficará em Tailândia de 18 a 20 de novembro, e vai contar com 36 servidores estaduais, que levarão para a população serviços de emissão de documentos, como carteira de identidade e de trabalho, CPFs, certidões de nascimento e óbito, fotografia para documentos e atendimento jurídico para os moradores.

A partir deste sábado (2), a Caravana Pro Paz leva serviços de cidadania para duas novas regiões do Estado. Dessa vez, o mutirão vai atender a população de 15 municípios das regiões de integração do Baixo Tocantins e Lago do Tucuruí, durante 52 dias, levando serviços de emissão de documentos e atendimento jurídico gratuitamente.

A Caravana Pro Paz vai atender oito municípios da região de integração do Baixo Tocantins (Barcarena, Abaetetuba, Moju, Tailândia, Cametá, Baião, Mocajuba e Igarapé Miri) e sete municípios da região de integração do Lago do Tucuruí (Goianésia do Pará, Jacundá, Nova Ipixuna, Itupiranga, Breu Branco, Novo Repartimento e Tucuruí).

A Caravana Pro Paz é uma iniciativa do Governo do Pará, por meio do Programa Pro Paz, em parceria com a Defensoria Pública do Estado, Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas) e polícias Civil e Militar.

Cronograma completo da Caravana Pro Paz para a região:

Barcarena: de 2 a 5/11

Abaetetuba: de 7 a 12/11

Moju: de 14 a 16/11

Tailândia: de 18 a 20/11

Goianésia do Pará: 22/11

Jacundá: 24 e 25/11

Nova Ipixuna: 27/11

Itupiranga: 29 e 30/11

Novo Repartimento: 2 e 3/12

Breu Branco: 5 e 6/12

Tucuruí: de 8 a 11/12

Cametá: de 13 a 15/12

Baião: 17 e 18/12

Mocajuba: 20 e 21/12

Igarapé Miri: 23/12

 

Serviço

Contato: Ascom Pro Paz: (91) 3201-3633/ Brena Moreira: (91) 8895-6961/ Tiago Furtado: (91) 8193-3156

[divide style=”2″]

Para acompanhar mais notícias de Tailândia, Curta o Portal Tailândia no Facebook facebook.com/portaltailandia.com.br. Siga também o Portal Tailândia no Twitter e por RSS.

Agência Pará

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.