Na sexta-feira, 26, o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias (CDHM) da Câmara dos Deputados, Carlos Veras (PT/PE) encaminhou um pedido ao governador do Pará, Helder Barbalho (PMDB), solicitando uma audiência em caráter de urgência para que seja discutida a proteção de indígenas do sudoeste paraense. O pedido foi encaminhado após o ataque ocorrido à sede da Associação de Mulheres Indígenas Munduruku – Wakoburum (AMIM).

Além do governador do estado, a Comissão também encaminhou ofícios com teor semelhante para Ualame Machado e, ainda, documentos pedindo providências e a apuração do caso para Eduardo Bim, presidente do Ibama; Washington Luis Rodrigues, superintendente do Ibama no Pará; Marcelo Xavier da Silva, presidente da Funai; José Macedo Leal, coordenador regional substituto da Funai/Tapajós; Rolando Souza, diretor-geral do Departamento de Polícia Federal e Wellington Santiago da Silva, superintendente Regional da Polícia Federal.

Na semana passada o Ministério Público Federal (MPF) reiterou um pedido feito em 2020 à Justiça Federal para que forças federais atuassem no sentido de impedir ataques dos garimpeiros aos indígenas.

Por Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *