Uma cadela morreu após ser vítima da crueldade de um grupo de pessoas. O animal foi estuprado e ferido com cerca de 30 facadas durante a ação dos criminosos. A cadela, sem raça definida, foi encontrada com o órgão genital destruído. Ela foi socorrido e levada para uma clínica veterinária, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O crime ocorreu em Bogotá, na Colômbia. 

Uma moradora que passava pela área onde o crime ocorreu viu o estado de saúde do animal e resolveu ajudá-lo. Ela encontrou a cadela ferida e muito fraca. Uma publicação feita por uma internauta nas redes sociais mostra a situação precária da cadela. 

A autora do post relatou como tudo ocorreu. “Eles destruíram seus órgãos genitais, esfaquearam quase 30 vezes, deram socos e causaram outros ferimentos superficiais”, disse ela. Em seguida, ela contou que a cadela não resistiu e morreu.  Enorme tristeza e desamparo que sinto. O cachorro não aguentou a quantidade de dor”, declarou. 

Como denunciar
Quem pratica ato de abuso, maus-tratos, fere ou mutila animais pode sofrer pena de dois a cinco anos de prisão, além de multa e a proibição de guarda de novos animais. Caso você presencie algum desses crimes, denúncias de maus-tratos contra animais podem ser feitas pelo número 181, que funciona 24h por dia ou pelo telefone da Demapa (3238-1225), em horário comercial.

Por Dol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *