81% da população se automedica para tratar dor de cabeça aponta pesquisa

Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Neurologia, em alusão ao Dia Mundial ao Combate da Cefaleia, no dia 19 de maio, revelou que 81% da população se automedica para tratar a dor de cabeça. O levantamento também mostra que 50% das pessoas que sofrem com o problema – nome cientifico dado para dor de cabeça -, aceitam indicações de remédios feitos por não profissionais. “A dor de cabeça é um problema de saúde pública. Os números de pessoas que são portadoras de cefaleia vêm aumentando ao longo das últimas décadas. O estresse está ligado com a causa da dor de cabeça”, disse o neurocirurgião Eduardo Leitão.

Ele também pontua que a maioria das pessoas com cefaleia têm tendência a direcionar a dor para algo mais grave. “Existe a preocupação das pessoas com relação a isso, de achar que ela significa algo muito grave, no sentido de lesão estrutural cerebral. Quando as pessoas têm dor de cabeça frequente, diárias acham que estão com lesão cerebral muito grave. Isso não corresponde à realidade. Isso pode amedrontar e dificultar a procura pelo diagnóstico correto”, completa.

O auxílio de médicos para tratar os sintomas é uma opção para 61% da população. Mas na maioria das vezes, as pessoas acabam sendo motivadas a entrarem em farmácias para comprar analgésicos comuns.

Você pode gostar de ver

Aécio lidera com nove pontos de vantagem sobre Dilma

Pesquisa ISTOÉ/Sensus mostra que o candidato do PSDB chega à reta final da campanha com 54,6% das intenções de voto, enquanto a petista soma 45,4%

PARAGOMINAS – Ladrões de madeira atacaram equipes a tiros

Os policiais e fiscais foram surpreendidos pelos madeireiros, que atiraram contra a…

Além de livros, Amazon pretende vender roupas e outros itens no Brasil

Blogueiro afirma que varejista americana ‘entrará no país de qualquer maneira’. Operações…

Prédios do Ibama e do ICMBio são queimados por garimpeiros no Amazonas

Um grupo de garimpeiros queimou prédios e carros do Instituto Brasileiro de…