Durante a noite da última da última quarta-feira, 26, foi anunciada a morte da cantora gospel Ludmila Ferber, de 56 anos de idade. A pastora tratava um câncer diagnosticado em 2018.

Na época, ela falou sobre o momento nas redes sociais relembrando uma música de sua autoria “Em tempos de guerra, nunca pare de lutar’. Hoje estou entrando num momento único e surpreendente da minha vida: o tratamento de quimioterapia“.

Ele deixa três filhos, do casamento José Antônio Lino, 1987 a 2014: Daniela Ferber Lino, Ana Lídia Ferber Lino e Vanessa Ferber Lino.

Carreira

Ludmila Ferber integrou o grupo gospel Koinonya, com o qual gravou 8 discos. Já em 1996, ela iniciou a carreira solo e lançou Marcas, seu primeiro álbum. Após ele, ela gravou outros 12 discos. O último, lançado em 2020 se chama Um Novo Começo. Ela também possui nove álbuns ao vivo lançados e um disco dedicado a canções infantis, chamado Meu Amigão do Peito.

Com informações do Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.