A Missão Portas Abertas está divulgando um movimento de intercessão, clamor e incentivo aos missionários que atuam em países onde a pregação do evangelho é proibida.

O projeto chama-se Domingo da Igreja Perseguida (DIP), e reúne igrejas dispostas a colaborar e se inteirar sobre o sofrimento dos missionários em campo. “O Domingo da Igreja Perseguida é um dia em que pessoas que se importam com a atual e crescente intolerância religiosa se mobilizam e agem em favor dos cristãos perseguidos”, afirma a nota oficial do projeto.

Segundo o DIP, “ainda hoje muitos são expulsos de suas casas e empregos porque seguem a Jesus Cristo. Muitas nações e governos demonstram seu descontentamento de forma cruel”, informa o site, que ilustra: “Na Eritreia, por exemplo, cristãos são encarcerados em contêineres de metal. Preocupados com a honra da família, muitos pais não apenas permitem, mas causam a morte do familiar que escolheu o cristianismo”.

Pastores e líderes podem acessar o site do DIP e cadastrar a igreja para participar do projeto, ou ainda fazer doações e ofertas. O site do projeto é domingodaigrejaperseguida.org.br.

Assista abaixo a um vídeo produzido pela Missão Portas Abertas com um missionário brasileiro que atua no Oriente Médio e explica a necessidade de ajuda ao projeto:

gospelmais

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.