Com dois gols de Kiros, um de Thiago Potiguar e outro de Yago Pikachu, Papão aplica segunda goleada na Série C. Carcará teve poucas chances.

O Paysandu não tomou conhecimento e goleou o Salgueiro por 4 a 0 neste domingo, no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em Belém, em jogo válido pela penúltima rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Com a vitória, os paraenses chegaram ao terceiro lugar do Grupo A, com 24 pontos e, agora, precisam apenas de um empate para selar a classificação para a próxima fase da competição.

Por outro lado, o Salgueiro praticamente eliminou as chances de avançar à fase mata-mata e terá que, também, lutar contra o rebaixamento, já que a equipe caiu para a oitava posição. O time do sertão pernambucano enfrentará o Cuiabá na próxima rodada, em casa, no Estádio Cornélio de Barros. Já o Paysandu vai até Juazeiro do Norte, no interior cearense, onde enfrentará o Icasa, no Estádio Agenorzão.

Jogo equilibrado no primeiro tempo

Jogo começou com o Paysandu no ataque. Logo no minuto inicial, Potiguar fez boa jogada individual, cruzou na área, mas Harison fez falta em Peri. O Salgueiro respondeu com meio-campista Clebson, que conseguiu ingressar na área bicolor, mas o zagueiro Marcus Vinicius estava atento, fez o corte e saiu jogando com Vanderson. Até os cinco minutos, o jogo era equilibrado, mas o Carcará tinha maior volume de jogo.

Aos oito minutos da etapa inicial, o Salgueiro chegou outra vez com perigo. O meio-campo do Papão bobeou e Peri chutou forte, obrigando o goleiro João Ricardo fazer grande defesa, colocando para escanteio. O primeiro lance perigoso em favor dos paraenses só aconteceu aos dez minutos. Potiguar fez boa jogada, lançou Gaibu que chutou e a bola passou bem perto da meta do goleiro Luciano.

O Paysandu se organizou em campo e conseguia penetrar com mais facilidade na defesa do Carcará e, em uma jogada em que prevaleceu a raça, o time de Belém conseguiu abrir o placar. Kiros brigou com a defesa e, com frieza, tocou na saída de Luciano, que ainda chegou a tocar na bola. Paysandu 1 a 0. Depois do gol, o Papão manteve a mesma postura e seguiu criando chances com Harison e Alex Gaibu na criação.

Por outro lado, o Salgueiro não se abateu depois de levar o gol e saiu para o jogo. Aos 35 minutos, Marciano conseguiu contra-ataque e foi derrubado na entrada da área. A cobrança de Clebson, no entanto, não levou nenhum perigo à meta de João Ricardo. A resposta bicolor aconteceu no lance seguinte com Gaibu, que recebeu cruzamento e não conseguiu chegar até a bola.

Paysandu consolida vitória no segundo tempo

Para o segundo tempo, o técnico Lecheva fez a primeira alteração no Papão da Curuzu. Tirou o experiente Harison e colocou o jovem Lineker, outro meio-campista. Neco, treinador do Salgueiro, também mexeu no time e tirou o meia Elvis para a entrada do atacante Edmar. Era mais uma tentativa de empatar a partida, já que o time do pernambucano precisava do resultado positivo.

 

E foi com o coro de “vamos subir Papão”, que o time da casa chegou ao segundo gol, logo no início do segundo tempo. Thiago Potiguar fez excelente jogada e tocou para Alex Gaibu, que chutou na trave. No rebote, o artilheiro Kiros marcou o segundo do Paysandu e o sétimo dele na Série C, incendiando o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão: 2 a 0.

A chance para aumentar aconteceu aos oito minutos da etapa complementar. Após várias tentativas de Kiros, Lineker teve boa chance, mas acabou chutando a rede pelo lado de fora. O técnico do Salgueiro voltou a mudar o time e colocou mais um atacante. Junior Ferrim entrou para fazer companhia a Marciano e Edmar.

Alex Gaibu, um dos destaques da partida, por pouco não deixou o dele aos 13 minutos. Ele tentou cruzar e a bola quase enganou Luciano, que deu um toque para a linha de fundo. O Carcará, nos minutos seguintes, teve chance de empatar em dois lances. Primeiro Junior Ferrim recebeu cruzamento e cabeceou para fora. Em seguida, Tamandaré perdeu, novamente, de frente para o gol.

O terceiro gol do Papão foi amadurecendo, até que Thiago Potiguar, que não fazia grande exibição, foi protagonista de um lance de gala. Depois de grande jogada, o meio-campista chutou, do meio da rua, para o fundo das redes de Luciano, que não teve chance de defesa. Com a porteira aberta, o Paysandu fez 4 a 0 aos 40, com Yago Pikachu, em cobrança de falta, na entrada da área.

 

globo esporte pa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *