Android Wear

O Android Wear, basicamente, ajudará na integração entre smartphone e um relógio inteligente.

Android Wear
Relógios do Google com Android Wear (Divulgação)

Os primeiros relógios com Android Wear, o sistema do Google voltado a aparelhos vestíveis, começam a ser vendidos nesta quarta-feira, 25. São dois: um da LG, outro da Samsung.

O anúncio de que a sul-coreana também aderiu ao sistema operacional do Google surpreende, ainda mais porque o relógio, chamado Gear Live, é muito parecido com a linha Gear equipada com o Tizen.

Já o Moto 360, da Motorola, que foi anunciado junto com o Android Wear, não ficará pronto até setembro.

A companhia liberará um kit de desenvolvimento sobre o sistema, possibilitando que os desenvolvedores criem para a plataforma, mexendo com sensores, controles de voz e a integração entre relógio e dispositivos como smartphones e tablets.

 

Olhar Digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.