O mundo da tecnologia não se resume apenas a pequenos e elegantes dispositivos, a PCs de secretária, a iDevices, Androids e afins. Para manter a infraestutura de toda a Internet é necessário máquinas com um poder computacional quase incomparável, de alta disponibilidade e que dêm garantias de fiabilidade.

Em Outubro de 2009, apresentamos um dos computadores mais rápidos do mundo que tinha o nome de “Tianhe”. Recentemente a IBM apresentou o “Sequoia“ que acabou de alcançar o ranking das máquinas mais potentes do mundo, tendo ultrapassado o super computador japonês “K” que tinha atingido o primeiro lugar em Junho de 2011.

A IBM (International Business Machines) é uma das poucas empresas da área de Tecnologia da Informação (TI) com uma história contínua que remonta ao século XIX. A IBM fabrica e vende Hardware e Software, oferece serviços de infra-estrutura, serviços de hosting e serviços de consultoria nas áreas que vão desde computadores de grande porte até a nanotecnologia. Foi apelidada de “Big Blue” por adotar o azul como sua cor corporativa oficial.

Recentemente a IBM apresentou o seu super computador, o qual baptizou de Sequoia. Segundo consta, esta novo “super maquinão” será usado para construir e testar modelos de armas nucleares, evitando assim testes subterrâneos.

ibm_00

Para se ter ideia da super potencia da máquina, o Sequoia é capaz de fazer 16,32 quatrilhões de cálculos por segundo! Por exemplo, em apenas uma hora o Sequoia é capaz de fazer cálculos que levariam cerca de 320 anos e necessitariam da colaboração de 6,7 mil milhões de pessoas, considerando que estas usavam calculadoras.

Uma breve explicação sobre o Sequoia


Em termos de hardware, o Sequoia tem a nível de processamento 1,6 milhão de núcleos e 1,6 petabyte de RAM, sendo o arrefecimento feito com recurso a água. Em resposta a IBM, a Fujitsu já anunciou que brevemente apresentará um super computador com capacidade de 23,2 petaflops (1 petaflop equivale a 1015 flops ou seja um quatrilhão de operações por segundo ) e que ultrapassará os 16,32 petaflops do IBM.

 

pplware

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.