Raimundo Nonato do Nascimento Castro, foi morto com um tiro em Tailândia (foto: divulgação)

A família de Raimundo Nonato do Nascimento Castro, 31 anos, ainda não compareceu para reconhecer o corpo da vítima, morta com um tiro na noite desta sexta-feira (10), no residencial Jardim Primavera em Tailândia, nordeste paraense.

Eram por volta de 23h, quando, de acordo com populares, chegaram dois homens numa moto Pop e atiraram contra a vítima. O disparo atingiu a cabeça de Raimundo Nonato. Ele estava parado em uma motocicleta enquanto aguardava uma pessoa, na rua 11 do residencial Jardim Primavera.

Policiais civis da delegacia de Tailândia investigam a morte de Nonato, como era mais conhecido o mecânico, que já trabalhou em algumas oficinas da cidade. De acordo com os investigadores, os atiradores não levaram nada da vítima. A Polícia Civil informou ainda, que Raimundo Nonato não tinha passagem pela polícia.

Indigente

O corpo de Nonato, ficará por quinze dias no Instituto Médico Legal de Tucuruí, após isso, caso nenhum familiar compareça, ele deverá ser sepultado como indigente.

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *