Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Pará investiga o assassinato da empresária Jaiane Molinari, morta no fim da manhã de sexta-feira (06), dentro da própria loja, no centro de Cametá.

LEIA TAMBÉM
Empresária Jaiane Molinari é encontrada morta dentro de loja, em Cametá

O principal suspeito do crime é um suposto pastor evangélico, flagrado por uma câmera de segurança, escondida dentro da loja. Fotos do acusado foram publicadas no perfil da mãe da vítima.

O suspeito se denomina Pastor Josias Santos, ele é considerado foragido pela polícia. Os motivos do assassinato ainda são investigados. A empresária chegou a travar uma luta corporal com o acusado, antes de ser morta estrangulada.

O corpo de Jaiane Molinari será velado na igreja Nova Aliança, em Tailândia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *