Uma família de Tailândia, moradora da vicinal do Badarote, passou por momentos de angústia após um raio cair em um pé de coco, que ficava ao lado da residência. Um pequeno incêndio acabou tomando conta de um dos quartos da casa, queimando a cama, onde dormiam duas crianças, por sorte ninguém saiu ferido.

O caso aconteceu no último dia 27 de dezembro, durante o temporal que caiu à noite, e chegou a adiar a apresentação do cantor Mano Walter, que aconteceria no Clube Tropical.
Além da cama queimada e paredes chamuscadas, um aparelho receptor ficou danificado. Em vídeos feitos pelos próprios moradores é possível ver a violência do fenômeno.
Segundo o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam). Em 2017, só em Belém, foram registradas mais de cinco mil quedas de raios.

O Sipam alerta que no inverno Amazônico o registro de raios aumenta. “À medida que vão aumentando os índices de chuva também vão aumentando os índices de descargas atmosféricas na nossa região”, afirma Márcio Lopes, meteorologista do Sipam.

Como se prevenir dos raios

Para uma pessoa evitar ser atingida por um raio caso ela esteja em uma área descampada, ela não deve correr para baixo de uma árvore, por exemplo. A dica é procurar um abrigo que não seja alto e que não atraia os raios.

“Numa tempestade não podemos fica em baixo de árvores ou postes ou de um para-raios”, recomenda o chefe de operação do Corpo de Bombeiros tenente coronel Arthur Vieira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.