De acordo com informações da polícia, o produtor rural Sidney Coser, de 28 anos de idade, deixou a prisão após pagar fiança de 11 salários mínimos. A fiança foi estabelecido pelo juiz da Comarca de Tailândia, nordeste do Pará.

LEIA MAIS
Tailândia: produtor rural é preso, depois de matar mula após o animal invadir sua propriedade

O dono da propriedade rural, onde o animal estava quando foi morto, havia sido preso pela Polícia Militar, depois de ter atirado e matado a mula, na vicinal Pindorama. Ele confessou o crime. O caso aconteceu na última quarta-feira (10).

Após a prisão, a Justiça arbitrou a fiança no valor de 11 salários mínimos, no total de R$ 11 mil reais. O produtor irá responder ao crime de maus-tratos de animais em liberdade.

Ele não responderá pelos crimes de posse ilegal e disparo de arma de fogo, mas o juiz suspendeu o uso de arma por parte do produtor.

Outras vezes

Segundo o delegado Márcio Nogueira, responsável pelo caso, ao que tudo indica, Sidiney também pode ter cometido crimes similares anteriormente. “O proprietário prestou depoimento e já há relato de que outras pessoas devem denunciar crimes parecidos. Inclusive há vídeos de outros animais que ele teria baleado. Não é um fato isolado. Não sei se ele ceifou a vida de outros animais, mas há indícios de maus-tratos. Agora aguardamos os proprietários desses outros animais para que sejam instaurados quantos procedimentos forem necessários em relação a esses casos”.

Outro proprietário de animal procurou à delegacia para relatar caso parecido, como o mesmo produtor rural. Segundo o homem, o acusado teria atirado contra o animal dele dia atrás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *