A Polícia Civil, através da delegacia de Tailândia, nordeste do Pará, prendeu no inicio da tarde desta quinta-feira (18), Amanda Souza, de 22 anos de idade. Ela é acusa de maus-tratos grave contra o próprio filho de 7 anos, na noite de ontem.

Em depoimento ao delegado João Bosco, a jovem confessou o crime. O menino sofreu queimaduras graves nas mãos. Ela relatou que após o garoto pegar um achocolatado quis castigá-lo, colocando as mãos na panela com água quente.

Após ser informado do caso pela manhã, o delegado coordenou os investigadores Mariano e Sérgio para realizarem a prisão temporária de Amanda Souza. Ele estava no Hospital Geral de Tailândia, onde o menino estava recebendo atendimento médico.

Além do garoto, a jovem tem outros dois filhos menores. Amanda não tem marido e mora apenas com os filhos. O menino já foi encaminhado ao Abrigo Municipal.

Agora caberá ao juiz da Comarca de Tailândia converter a prisão temporária em preventiva ou conceder liberdade a jovem. Mesmo se for solta, a mulher vai responder por maus-tratos graves.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *