A Polícia Civil identificou o acusado de perseguir e matar a facadas Willas Cunha Gomes, de 25 anos, em Tailândia, nordeste do estado. O crime aconteceu por volta das 21h do último domingo (03).

Após investigações, a polícia descobriu que trata-se de Adriel Lopes dos Santos. Ele esfaqueou e matou Willas por ciúmes da ex-companheira, segundo a investigação. O homem mantinha um relacionamento amoroso com ela, e Adriel não aceitava.

Ainda de acordo com informações, antes de ceifar a vida da vítima, Adriel furou o pneu da motocicleta de Willas, para que ele não pudesse fugir da perseguição.

Enquanto empurrava a motocicleta, a vítima foi surpreendida. Willas ainda tentou correr dos ataques, mas foi alcançado pelo acusado e acabou morrendo em frente uma residencia na avenida Rio Branco.

Os investigadores da Polícia Civil estiveram na residência de Adriel na mesma noite do crime, mas ele não estava no local, ele é considerado foragido pela polícia.

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.