Um homem identificado como Gleison Tomé Ferreira, de 26 anos, foi preso no fim da tarde de segunda-feira (29), acusado de ser o autor do homicídio de Deivan Trindade Pereira, de 34 anos, conhecido como “Curaca”.

O crime aconteceu por volta de 12h30 de ontem, no bairro Fluminense, em Tailândia. A vítima estava em uma rede, quando os assassinos chegaram e efetuaram os disparos.

Em um vídeo divulgado pela polícia, o acusado confessou o homicídio e a participação de outra pessoa. O assassinato teria ligação com o tráfico. “Curaca” havia sido preso em 2019, acusado de envolvimento com submundo das drogas.

Gleison foi preso pela Polícia Militar poucas horas após o homicídio. Além dele, de vulgo “MK”, uma mulher e outro homem foram presos, mas não tiveram os nomes divulgados. Eles estavam em uma casa, no Central Pack. Uma quarta pessoa ainda conseguiu fugir.

Todos eles teriam ligação com o tráfico de drogas. “MK” seria o braço forte do chefe do tráfico em Tailândia e estaria há apenas 7 meses no município.

Participaram da ação o Grupamento Tático Operacional (GTO) e ROCAM (Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas), sob o comando do capitão Elderbaran, subcomandante da 6ª CIPM. Os policiais encontraram, enterrado no quintal da casa, uma grande quantidade de droga.

Foram apreendidas 131 pedras de cocaína, 9 papelotes de maconha, 8 pedras de oxi e R$ 360 reais em espécie. O material apreendido e os acusados foram apresentados na delegacia de Tailândia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que aconteceu hoje, direto no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.