A Polícia Miliar fechou no fim manhã deste domingo (02) uma rinha de galo em Tailândia, a 230 quilômetros de Belém. A PM resgatou 27 aves do local e apreendeu diversos materiais utilizados pelos donos das aves, inclusive antibióticos.

O local funcionava no quintal de uma casa, na travessa Curuçá, no bairro Aeroporto. Na rinha aconteciam diversas apostas ilegais, segundo a PM, que recebeu uma denuncia anônima.

Cerca de 8 pessoas foram encaminhadas à delegacia de Tailândia. Duas delas assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foram liberadas com o restante.

Legislação

Na legislação brasileira não existe uma norma que proíba os espetáculos de briga de galo. A Lei 9605/98, a chamada Lei de Crimes Ambientais, no artigo 32, define como crime ato de abuso, maus tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

Assista a live do momento da apresentação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *