A Polícia Federal cumpre mandados de busca e apreensão contra o Governo do Pará nesta terça-feira (29). A apuração é sobre contratos de administração de hospitais públicos do estado. Governo do Pará diz apoiar qualquer investigação que busque proteger o dinheiro público.

Agentes cumprem mandados no gabinete do governador Helder Barbalho nesta terça-feira (29); ele não é alvo de mandado.

Dois secretários do governo do Pará foram presos na manhã desta terça-feira (29) em uma investigação sobre supostos desvios de recursos da Saúde. Um assessor do governador Helder Barbalho também foi detido.

Foram presos:

  • Parsifal de Jesus Pontes – secretário de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia
  • Antonio de Padua – Secretário de Transportes
  • Leonardo Maia Nascimento – assessor de gabinete do Helder Barbalho

Houve buscas no gabinete de Helder Barbalho, mas ele não é alvo de mandado – segundo a corporação, o pedido contra o governador não foi autorizado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Em nota, o governo do Pará disse que apoia qualquer investigação que busque proteger o dinheiro público.

Com informações G1/PA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *