“Uma boa alimentação é essencial para manter a saúde em dia. Em tempo de pandemia de novo Coronavírus, associado ao inverno amazônico, onde ficamos mais suscetíveis às síndromes gripais, é importante atentar para o fortalecimento do sistema imunológico.”

A orientação é nutricionista Clínica do Hospital Geral de Tailândia (HGT), Patrícia Manfredi, que atua no Serviço de Nutrição e Dietética (SND), da unidade hospitalar, que conta com produtos frescos e sem agrotóxicos cultivados em sua horta suspensa e 100% natural. Alguns deles são indicados ao fortalecimento da imunidade, que conforme a profissional, é formada por um conjunto de fatores que atuam contra diferentes doenças.

“A nossa horta produz produtos excelentes para fortalecer o sistema imunológico. Além disso, mostramos a importância dos alimentos, tempo de germinação das plantas, técnicas de plantio e preparação do solo. Visualizar a manipulação do alimento, desde seu plantio até seu uso na alimentação diária aos usuários, acompanhantes e colaboradores, agrega valor ao objetivo de educação nutricional para equipe do SND”, destaca a profissional.

Conforme informou Patrícia Manfredi, frutas cítricas, tais como laranja, acerola, kiwi, tomate, além de brócolis, couve e pimentão verde e vermelho são ricos em vitamina C, um poderoso antioxidante que aumenta a resistência do organismo.

“Os vegetais verdes escuros como brócolis, couve, espinafre, indispensável na sua alimentação é o ácido fólico. O nutriente auxilia na formação de glóbulos brancos, responsável pela defesa do organismo”, acrescenta.

Patrícia Manfredi informa que alimentos ricos em zinco, como feijão, lentilha, ervilha, grão de bico, e fontes de ômega 3, como, por exemplo, salmão, atum, sardinha e azeites, possuem nutrientes que ajudam a aumentar a imunidade.

“Além dessas orientações, não podemos esquecer de manter a nossa hidratação em dia. Uma boa ingestão diária de água é essencial para uma boa imunidade, já que a desidratação muda a fluidez do sangue, comprometendo o transporte de nutrientes e oxigênio, impedindo o funcionamento adequado das células, atrapalhando a resposta imunológica do nosso organismo”, reforça a nutricionista.

Para o diretor Técnico do HGT, Jefferson de Sousa Abreu, a horta natural da Unidade, além de cooperar com uma alimentação de qualidade para os pacientes, acompanhantes e colaboradores, contribui com a formação de cidadãos responsáveis e conscientes com a própria alimentação.

“A nossa horta despertou um senso de responsabilidade e a consciência dos envolvidos no projeto, formando cidadãos atuantes na comunidade em que vivem, e, ao mesmo tempo, difundindo, incentivando o trabalho voluntário, contribuindo para o fortalecimento das atividades de colaboração do Hospital Geral de Tailândia, por meio do Grupo de Trabalho de Humanização, que realiza ações educativas por meio de palestras e vídeos sobre alimentação saudável”, destaca o diretor.

Texto: Joelza Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *