Diana Mendes, de 34 anos, que veio a óbito na última quarta-feira (24) após sofrer um grave acidente de trânsito em Tailândia, nordeste do estado, teria ido levar a irmã na rodoviária de acordo com informações repassadas pela polícia.

Leia mais:

Familiares relatam que vítima era moradora do município desde que nasceu, e que ela tinha o costume de andar de motocicleta usando capacete.

Diana era casada, cristã, e mãe de quatro filhos, três meninos e uma menina. A vítima vivia para cuidar da família e do lar.

A morte inesperada dela causou grande comoção de amigos e familiares. Eles lamentaram o ocorrido nas redes sociais.

O velório acontece na antiga casa da vítima.

Com informações da Polícia Civil

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.