Foto: Cleyton Rogerio / Portal Tailândia

A Polícia Civil do Pará, através da delegacia de Tailândia, abriu inquérito para apurar as circunstâncias do acidente envolvendo um micro-ônibus e um caminhão, que resultou na morte de três pessoas.

O acidente aconteceu no fim da tarde do dia 7 de junho, no trecho da PA-150 entre distrito Palmares e Tailândia.

LEIA MAIS

Mãe e filha morreram

Entre as vítimas fatais estão mãe e filha, Liliana Pereira de Andrade, de 50 anos, e Kacia Pereira de Andrade, de 29 anos. Elas moravam em Barcarena, e estavam vindo à Tailândia participar de um aniversário.

Motorista do caminhão também morreu

O motorista do caminhão, Manoel Messias Pereira da Silva, de 44 anos, também não resistiu aos ferimentos e faleceu no início da tarde de ontem (09).

O inquérito será presidido pelo delegado Márcio Nogueira, que é o delegado de plantão. Ele adiantou em entrevista a imprensa, na manhã desta segunda-feira (10), que os sobreviventes do acidente serão ouvidos, para apurar as responsabilidades dos dois motoristas.

Segundo a Polícia Civil, embora no início, as investigações apontam que o condutor do micro-ônibus tentou realizar uma ultrapassagem perigosa e acabou colidindo de frente com o caminhão. Ele deve ser indiciado por homicídio culposo, quando não há intensão de matar.

Motorista e cobradora do micro-ônibus continuam hospitalizados

O motorista e a cobradora do micro-ônibus, continuam internados no Hospital Metropolitano em Ananindeua, para onde foram transferidos em estado grave.

Nota do HGT

Ontem, o Hospital Geral de Tailândia (HGT), divulgou a última nota sobre o estado médico das vítimas do acidente. Das 11 pessoas que deram entrada na unidade de saúde, cinco receberam alta médica, três foram transferidas para Belém e três morreram.

Veja a nota na íntegra:

A Assessoria de Imprensa do Hospital Geral de Tailândia (HGT), informa sobre assistência de 11 vítimas de acidente de trânsito na PA-150, no último dia 7/06. Do total de atendidos, cinco deles tiveram alta médica, três foram transferidos e três foram a óbito.

Ressaltamos que todos os recursos disponíveis foram utilizados para oferecer assistência segura e humanizada aos pacientes e familiares, que também tiveram acolhimento pelo Serviço Social do Hospital.

Agradecemos a parceria da Prefeitura de Tailândia pelo apoio ao disponibilizar duas aeronaves UTI e seis ambulâncias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *