(Foto: Imetropará)
(Foto: Imetropará)
(Foto: Imetropará)

Uma ação do Instituto de Metrologia do Estado do Pará, com apoio da Polícia Rodoviária, resultou na apreensão de 111 extintores e 171 selos do Inmetro apreendidos, em Tailândia, nordeste paraense. Durante a ação foi identificado que a empresa Extin Chama estava realizando o serviço de manutenção de extintores em cima de um caminhão no município de Tailândia e usando o selo de forma indevida.

‘Encontramos extintores de incêndio sofrendo manutenção em cima de um caminhão, gerando um grave risco à sociedade, pois é um trabalho delicado e preciso, que depende de outros equipamentos e ferramentas para tal execução, conforme o estabelecido na portaria 206/2011 do Inmetro, sendo proibida a execução do serviço em local diferente do declarado pelo fornecedor’, ressalta Jorge de Figueiredo, gerente da Divisão de Fiscalização e Avaliação da Conformidade do Imetropará.




Todas as empresas que trabalham com manutenção e/ou recarga de extintores precisam estar credenciadas pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). ‘Cabe ao Imetropará fiscalizar os estabelecimentos e, em caso de irregularidades, essas empresas serão multadas e poderão ter o registro suspenso a até cancelados, conforme for estabelecido no processo administrativo’, explica o presidente do órgão.

Além do selo do Inmetro falsificado, os fiscais também encontraram outras irregularidades nos extintores apreendidos, como o anel sendo colado, ou seja, o extintor não sofre a manutenção e trocam apenas os selos e o pó BC sendo colocado em cilindro de pó ABC.

Segundo o órgão, a empresa tem sede na cidade de Redenção, no sudeste paraense. Os fiscais do Inmetro seguem para o local para realizar uma vistoria.

Veja orientações do Inmetro para garantir a segurança dos extintores de incêndio:

  • Selo de Identificação da Conformidade (confere ao produto a certeza do registro da empresa no Inmetro. O selo é a garantia que a empresa responsável foi inspecionada pelos órgãos de controle competentes. A inspeção é realizada nas empresas e nos pontos comerciais);
  • Anel de Identificação Externa de Manutenção (certifica que o extintor de incêndio foi desmontado para a realização da manutenção);
  • Etiqueta autoadesiva (fixada no corpo do extintor de incêndio, indica a empresa que prestou o serviço, o tipo de serviço, garantia, mês e ano da próxima inspeção);
  • Quadro de Instruções (constam informações de operação do produto);

 

Em caso de dúvida ou denúncias, o consumidor pode entrar em contato com a Ouvidoria do Imetropará, através do telefone 0800 280 1919, de segunda a sexta-feira, de 8h às 14h.

 

 

Com informações da Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *