Sem viajar para festividades de fim de ano, o prefeito Paulo Liberte Jasper – Macarrão (MDB) aproveitou o primeiro dia útil do ano para intensificar os trabalhos. Na metade do mandato, Macarrão se preocupa com a realização do Censo em Tailândia, nordeste do Pará.

A previa do censo divulgada no último dia 28 dezembro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), não agradou a gestão municipal. A estimativa da população está abaixo dos dados esperados, até mesmo por moradores.

Por isso, Macarrão pede que a população receba os recenseadores do IBGE, com intuito de realizarem a coleta de dados demográficos do município, em especial em áreas como o conjunto Daniel Berg. Por temerem uma ordem de desocupação, moradores do local acabam tendo receio de receberem os recenseadores.

No Censo de 2010 o município tinha população estimada em 79 mil habitantes, já na prévia divulgada em 2022 pelo IBGE, 12 anos após, o número não passa de 84 mil. Isso gera defasagem no repasse de verbas e dificulta a realização de obras e políticas públicas.

Além de Tailândia, outros municípios paraenses passam pelo mesmo problema. Para ser realizado em 2020, o censo foi adiado por conta da pandemia da covid-19 e só começou a coleta de dados em agosto de 2022 e mesmo assim enfrentou corte de verbas.

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *