Diego Silva, de 26 anos, quase perdeu o polegar da mão esquerda e a própria vida após sofrer um atentado na vicinal 13, zona rural da Tailândia, nordeste do Pará.

Segundo relatos, ele estava voltando para casa pela Vila dos Crentes quando viu um homem parado e ouviu o som de um tiro. Ele até caiu da bicicleta, mas não foi atingido.

O jovem contou ainda à polícia que brigou fisicamente com o agressor e foi atingido na mão com um golpe de facão. Ele não foi capaz de dizer quem seria essa pessoa.

Além disso, segundo a vítima, ela não brigou nem discutiu nos dias que antecederam a tentativa de homicídio. O caso aconteceu no fim de semana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *