Eliane Mendes de Sousa, de 21 anos de idade, passará por Audiência de Custódia para saber se permanecerá na prisão ou responderá em liberdade. A jovem é acusada de matar o próprio filho, um bebê de 8 meses de vida.

A audiência está marcada para acontecer nesta terça-feira (03), no Fórum de Tailândia. A audiência é um ato penal que todo acusado por um crime, preso em flagrante, tem direito a ser ouvido por um juiz, de forma a que este avalie eventuais ilegalidades em sua prisão.

A polícia aguarda o resultado do exame sexológico no corpo do bebê para saber se houve abuso sexual ou não, e quem seria o autor dos possíveis abusos. Arthur Victor já chegou morto ao Hospital Geral de Tailândia (HGT) com múltiplas fraturas pelo corpo e sinais de violência sexual.

Eliane Mendes revelou em depoimento, que as lesões na criança possivelmente foram provocados com os apertos e mordidas que ela realizava no bebê. Disse também que os momentos de tortura se intensificaram entre sexta-feira e sábado.

Ela continua presa na carceragem da delegacia de Tailândia, onde aguarda a Audiência de Custódia. Caso permaneça presa, deverá ser transferida para um presídio feminino em Belém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *