Investigada em Goiás, empresa All Invest deixa de pagar clientes em Tailândia
Foto: Portal Tailândia

Com a promessa de recompensa financeira, através de lucros que chegariam a 30% ao mês, vários moradores de Tailândia, nordeste do Pará, foram convencidos a investirem dinheiro na empresa All Invest.

Com sede em Goiânia, a All Invest se apresenta como empresa de “consultoria especializada em gestão empresarial, de negócios e gestão pessoal”, com propostas de rentabilidade acima das praticadas em operações na Bolsa de Valores. A empresa atraiu dezenas de pessoas e nega irregularidades.

Em Tailândia, cerca de 150 pessoas fizeram investimentos de alto risco, os valores investidos ultrapassariam milhões de reais. Nilson Lima e Gildazio Mendes são apontados como os representantes da empresa All Invest, no município. Foi através deles, que os clientes foram induzidos a investirem, alguns colocaram no negócio todo dinheiro que guardavam.

Com o passar do tempo, a promessa de retorno alto, se transformou em um tremendo pesadelo. Os pagamentos até chegaram a cair nas contas dos clientes, nos primeiros meses, mas depois de um tempo a empresa deixou de pagar. Alguns aguardam as promessas de pagamento há mais de um ano.

Um grupo desses ‘investidores’ procurou o Portal Tailândia para relatar as dificuldades em reaver os valores investidos e principalmente, os ganhos prometidos. A procura ocorreu, depois da polícia de Goiânia começar investigar a All Invest, justamente por que os clientes de lá, procuraram às autoridades por não receberem os pagamentos prometidos.

Em Tailândia, uma família chegou a investir mais de 500 mil reais, depois de acreditar nas promessas da empresa. Uma mulher deixou de construir a casa para ‘investir’ cerca de 14 mil reais, ela agora teme perder a quantia. Outra dona casa, diz que investiu 58 mil reais, dinheiro poupado com o marido, mesmo contra o desejo dele.

Todas as vítimas, preferiram não mostrar os rostos, muitos por terem vergonha caírem, naquilo que eles classificam como golpe financeiro. Segundo alguns clientes, Nilson Lima e Gildazio Mendes não respondem mais as mensagens enviadas.

As vítimas procuraram à delegacia de Polícia Civil de Tailândia para fazerem boletim de ocorrência, segundo as autoridades, os casos são encaminhados à Goiânia para serem anexados na investigação em curso na capital de Goiás.

Outro lado

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A ALL INVEST sempre prezando por um relacionamento transparente com seus clientes e parceiros vem, de forma oficial, através de seus canais de comunicação, conforme anteriormente informado, prestar os seguintes esclarecimentos:

  1. A All Investe através de muito esforço tem tentado realizar os pagamentos de forma integral, sem contudo, obter o êxito desejado, razão pela qual vários clientes e parceiros da empresa, solicitaram e propuseram o parcelamentos dos pagamentos a serem realizados, com o objetivo de facilitar a realização dos mesmos pela empresa parceira e colocar um fim definitivo nesse ciclo.
  2. A All Invest consciente de suas falhas, entende que o referido parcelamento de seus débitos, de forma amigável, irá colaborar com seus esforços para saldar-los de uma maneira definitiva.

Nesse diapasão, a empresa solicita aos seus clientes que caso tenham interesse em realizar o parcelamento amigável de seus créditos, entrem em contato com seus consultores ou qualquer outro responsável pela empresa para que o mesmo seja devidamente encaminhado ao jurídico para a confecção do instrumento de acordo extrajudicial necessário para a formalização do mesmo.

A empresa esclarece que os pagamentos serão realizados em 03 (três) prestações, em seu valor integral, ou seja, incluindo juros, multa e correção monetária, sendo a primeira agendada para 20 (vinte) dias após a assinatura do instrumento de acordo, e as demais com 40 (quarenta) dias e 60 (sessenta) dias.

Reafirmamos que os Consultores e Diretores somente estão autorizados a informar as noticias vinculadas oficialmente pela empresa, atuando como divulgadores das informações contidas em seus canais de comunicações.

Pedimos novamente sinceras desculpas pelo atraso e transtorno a todos e temos certeza que este ciclo está se encerrando.

Sem mais para o momento, nos mantemos a disposição para novos esclarecimentos.

Goiânia, 25 de setembro de 2019.

ALL INVEST CONSULTORIA FINANCEIRA