Um morador da zona rural de Tailândia, nordeste paraense, sobreviveu ao ataque de uma onça durante essa semana. Identificado como Cristiano Gomes, de 59 anos de idade, o trabalhador rural foi encaminhado ao Hospital Geral de Tailândia (HGT) com um enorme ferimento na cabeça.

De acordo com informações, o agricultor só não morreu, porque estava armado e acabou matando o animal. Além do ferimento na cabeça, ele teve ferimentos no pescoço, braços e ombros.

O ataque ocorreu na vicinal 20, na última sexta-feira (15). Cristiano Gome é morador da vila Boa Esperança.

O agricultor recebeu alta hospitalar neste domingo (17) e retornou para casa, onde contará a história aos netos e filhos, de como sobreviveu ao ataque de uma onça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.