O Hospital Geral de Tailândia (HGT), do Governo do Pará, oferta 400 mamografias até o final deste mês, para usuárias dos municípios Tailândia, Moju, Acará, Goianésia e Tomé-Açu, que compõe a mesorregião do nordeste paraense. A ação faz parte do movimento “Outubro Rosa”, com o tema “Autocuidado: Todos juntos na conscientização do Câncer de Mama”.

De acordo com a coordenadora do Centro Cirúrgico, Emanuelle Campiollo, os exames já estão disponíveis rotineiramente para mulheres com a idade entre os 50 e 69 anos, mas foi ampliado, neste mês, também às usuárias partir dos 40 anos de idade. Os procedimentos, referentes ao Outubro Rosa, poderão ser agendados até dezembro de 2020.

Além dos exames, a campanha do hospital realiza ainda ações de educação em saúde, por meio de palestras e distribuição de material educativo para colaboradoras, usuárias e acompanhantes, com o objetivo de combater a doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama. Esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando um tumor. 

“Por isso, o diagnóstico precoce aumenta em 90% as chances de cura da doença. Daí a importância das visitas periódicas ao médico, principalmente, se notar um carocinho, uma mancha, o que pode ser um nódulo. O mais indicado é procurar logo uma unidade de saúde”, observou Emanuelle Campiollo, ao destacar que os homens também têm possibilidades de desenvolver câncer de mana, embora esses casos representam 1%.

Referência na assistência de média complexidade, em 2019, o HGT realizou 1.174 exames de mamografia. Já este ano, com a pandemia do novo coronavírus, houve significativa redução de procura pelo procedimento diagnóstico: 473, até setembro.

“Este mês, símbolo do combate e prevenção ao câncer de mama, a procura pela mamografia ainda está baixa. Por isso, queremos convidar às mulheres a partir de 40 anos, além das pessoas com a percepção de alguma alteração, para fazer seu cadastro para realização do exame no HGT. Isso é prevenção e mais saúde”, comentou Campiollo. Ela adianta ainda que, pacientes com resultado de alteração no exame da mamografia serão encaminhados para consulta com mastologista em Belém.

Prevenção – De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), durante todo o mês de outubro, mulheres entre 50 e 69 anos de todo o Pará poderão solicitar exames de mamografias e consultas médicas pelo aplicativo de mensagens whatsApp, por meio do número (91) 99358-7182. 

O serviço está disponível desde o dia 1°, de segunda a sexta-feira, sempre de 8 às 18h. Inédita no Estado, a medida foi tomada pela secretaria com o objetivo de intensificar o diagnóstico precoce do câncer de mama.

Só este ano, até 15 de setembro, foram registrados no Pará 198 novos casos de câncer de mama. Em 2019, foram 662 confirmações. Ainda no ano passado, 330 mulheres e cinco homens foram a óbito devido à doença.

Estrutura – Com 52 leitos, o HGT dispõe de assistência de média complexidade garantida por uma equipe multidisciplinar que oferece as especialidades de Clínica Médica, Cirurgia Geral, Pediatria, Ginecologia/Obstetrícia, Ortopedia/Traumatologia, Radiologia, Anestesiologia e Cardiologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *