Com riscos a motoristas, motociclistas e pedestres os buracos na rodovia estadual PA-150, no perímetro urbano de Tailândia, se multiplicam ao longo tempo. Mesmo após o Governo do Estado contratar uma empresa para a manutenção da rodovia, o que se ver ainda são buracos causando medo e estrago para quem precisa trafegar pela rodovia.

De acordo com o a Secretaria de Estado de Transportes (Setran) o custo de recuperação de 65 quilômetros da PA-150, aos cofres do Estado serão de R$ 75 milhões de reais. A empresa responsável para fazer o trabalho foi a Engeterra, Engenharia e Terraplenagem.

Foto: Divulgação

Mas motoristas e empresários que precisam utilizar a rodovia para escoar e trazer produtos, além de trafegar reclamam da qualidade do serviço que está sendo feito e da demora na conclusão dos reparos.

No trecho urbano de Tailândia, entre o Jardim do Valle e a subestação da Equatorial, são vários buracos e “camaleões”, que enganam os motoristas, provocando acidentes e até mortes.

Foto: Cleyton Rogerio / Portal Tailândia

Até mesmo em trechos, onde a recuperação já foi feita, o asfalto voltou a ceder e os buracos voltaram a aparecer. Os buracos deixam os motoristas expostos a assaltos e ações de criminosos.

A demora tem irritado tanto motoristas, como a prefeitura de Tailândia. Segundo assessoria do prefeito Paulo Liberte Jásper (Macarrão), caso a empresa não concluía os reparos na parte urbana até a próxima semana, a prefeitura deverá assumir os trabalhos no trecho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que aconteceu hoje, direto no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.