A Polícia Civil vai investigar as circunstâncias do assassinato de Franciney Nascimento Batista, de 30 anos. Ele foi executado, a tiros, no início da madrugada deste sábado (24), em um terreno baldio no Loteamento Nova Carajás, próximo ao lago localizado na entrada de Parauapebas, no sudeste paraense.

Batista como era popularmente conhecido em Tailândia, estava há menos de 60 dias em Parauapebas.

Segundo a Polícia Militar, passava da meia-noite quando uma guarnição foi acionada na avenida Henrique Andrade de Mota, após disparos de arma de fogo terem sido ouvidos no local. Naquele endereço, os policiais encontraram o corpo de Franciney apresentando perfurações nas costas e na cabeça.

O cenário do crime foi preservado até a chegada das equipes do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e da Polícia Civil. Na área, os policiais não encontraram testemunhas do crime. O corpo de Franciney foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). E o homicídio foi registrado na 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

Por O Liberal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *