Na noite de segunda-feira (04), foi realizado na Câmara Municipal de Tailândia, nordeste do estado, um seminário de orientação para famílias que possuem pessoas diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), e outras deficiências (física, motora, auditiva, visual, intelectual e múltipla).

O seminário, denominado Energia Azul, busca reforçar o cadastramento na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), que concede descontos de até 65% na energia elétrica para famílias de baixa renda, que possuem renda de até 3 salários mínimos.

O benefício será concedido a pessoas em tratamento médico ou terapêutico que requeira o uso continuado de aparelhos, equipamentos ou instrumentos que demandem consumo de energia elétrica para o funcionamento.

Como conseguir o benefício

O cadastro precisa ser realizado em uma agência da Equatorial Energia, com apresentação de uma fatura de energia elétrica atual, conta contrato, RG e CPF, n° do NIS ou BPC dos beneficiários atualizados, e laudo emitido por um médico do Sistema Único de Saúde (SUS).

O laudo precisa informar ainda qual aparelho elétrico é necessário, número de horas mensais e a previsão de período de uso deste. É necessário que o Cadastro Único (CadÚnico) e o Número de Inscrição Social (NIS) estejam atualizados.

Comentário
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.