A energia elétrica voltou a movimentar a cidade de Tailândia, nordeste do Pará, aproximadamente 60 horas após o início do apagão, que deixou a cidade sem o fornecimento elétrico ainda na madrugada de domingo, 12.

Nesse intervalo de 56 horas sem energia elétrica os moradores da cidade enfrentaram vários transtornos como falta de água, falta de comunicação, dificuldade em sacar dinheiro e pagar no cartão, além do calor e muriçocas na hora de dormir, o que deixou as noites ainda mais longas.

Outros serviços como audiências judicias foram suspensas ou adiadas pela falta de eletricidade, alunos da rede municipal e estadual ficaram sem aulas na segunda-feira o dia todo e na manhã desta teça-feira, 14, os postos de saúde também não atenderam pela falta de energia elétrica.

O fornecimento de energia foi restabelecido por volta das 10h20 desta terça-feira, onze horas à mais que o previsto pela Celpa, concessionária dos serviços elétricos, que era às 21h de segunda-feira. Outras cinco cidades tiveram problemas no fornecimento de energia, mas apenas Tailândia e Moju ficaram tanto tempo sem o serviço.

Veja o que disse a Celpa através de Nota

A Celpa informa que já está trabalhando para normalizar o fornecimento de energia elétrica em Moju e Tailândia. A empresa inclusive já deslocou um transformador de Mãe do Rio para ajudar na recomposição do sistema dos municípios. As equipes da concessionária estão trabalhando ininterruptamente e a previsão é que a energia esteja normalizada por volta das 21h de segunda-feira (13).

As causas da falta de energia foram ocasionadas por um imprevisto técnico no transformador de Vila de Conde, que atende os dois municípios.

A concessionária pede a compreensão de todos.

Comentário
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *