Com o término das férias de julhos, ou, como muitos gostam de chamar, férias de veraneio, é hora de voltar para a realidade e encarar os desafios da vida real.

Essa dura realidade é uma missão quase impossível para o brasileiro, embora esteja acostumado com impossibilidades do dia-a-dia como saúde, segurança, educação e emprego. Mas lidar com tudo isso e ainda ter que encarar o período eleitoral é um desafio de paciência que ficaremos submetidos.

O período eleitoral começa dia 16 de agosto e vai até 06 de outubro, um dia antes da eleição. Neste período, os carros sons não podem circular em vias públicas fazendo a propaganda de candidatos, exceto em passeatas, carreatas, caminhadas, reuniões e comícios. Os trios elétricos também estão proibidos.

A Justiça Eleitoral também definiu regras para os candidatos usarem a internet como plataforma de divulgação. Entre as atividades vetadas está propaganda em sites, fake news, perfil fake e utilização de robôs, são algumas.

Não pode ser hipótese  alguma

• CAMISETAS, CHAVEIROS, BONÉS, CANETAS, BRINDES E CESTAS BÁSICAS
A confecção, utilização, distribuição por comitê, candidato, ou com a sua autorização, de
camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas ou quaisquer outros bens ou
materiais que possam proporcionar vantagem ao eleitor

• OUTDOORS E OUTDOORS ELETRÔNICOS
Outdoors, inclusive eletrônicos e engenhos ou equipamentos publicitários
Conjunto de peças de propaganda que justapostas se assemelhem ou causem efeito visual
de outdoor

• TELEMARKETING
• UTILIZAÇÃO DE ARTEFATO QUE SE ASSEMELHE A URNA ELETRÔNICA COMO VEÍCULO DE
PROPAGANDA ELEITORAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *