Sétima sessão extraordinária foi iniciada às 10h30 da manhã. (foto: Josenaldo Jr?Portal Tailândia)

Após ter os trabalhos presenciais suspensos por quatro meses, devido a pandemia da covid-19, a Câmara Municipal de Tailândia (CMT) voltou a abrir as portas nessa quinta-feira (01).

A sétima sessão ordinária do ano, iniciada por volta de 10h30, contou com restrição de público e exigiu o uso obrigatório de itens de segurança, como máscara de proteção.

Antes da reabertura dos trabalhos, o presidente da Câmera, o vereador Lauro Hoffmann (MDB), fez uma homenagem às vítimas da covid-19. O ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal, Antônio Vicente da Silva, conhecido na região como “Banha”, foi um dos homenageados durante a sessão.

Em seguida, os vereadores iniciaram os debates. Entre os itens da pauta, três Projetos de Lei (PL), dos Poderes Executivo e Legislativo, que geraram polêmica.

Entre os assuntos do impasse está o Projeto de Lei 005/2021, que altera o artigo 211, da Lei Municipal 195/2007, Lei do Estatuto dos Servidores Público do município. A alteração desagradou servidores concursados já que as comissões que irão fiscalizar os servidores também sofrerá alterações.

O Projeto de Lei aprovado por 10 votos a 2. Ainda na pauta, outro debate importante: a Lei Orçamentária do município para o próximo ano (2022), que também foi aprovado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *