Associação Comercial de Tailândia reuniu entidades na noite desta terça-feira (08), para discutir a formulação de uma Carta Proposta para o desenvolvimento econômico de Tailândia, que deverá ser apresentada no dia 30 de agosto.
Participaram da reunião representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Sindicato das Indústrias Madeireiras (Sindimata), Sindicato dos Produtores Rurais, Sitrimottoc, Banco do Brasil, Maçonaria, Lions Clube, Sindicato do Comércio (Patronal), Cooperlândia e Sindicato do Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiar de Tailândia.
“Essa união das entidades que compõem o setor produtivo e o comércio, é fundamental para o desenvolvimento de nossa cidade, precisamos colocar os interesses do município, acima de nossas preferências partidárias e somar forças em prol do crescimento de Tailândia”, destacou o presidente da Associação Comercial, Luciano Tambaroti.
Na reunião, foi deliberado a criação de um Grupo de Trabalho formado por representantes do setor produtivo do município e uma conferência que deverá pautar as principais demandas e estratégias, para alavancar o desenvolvimento local.
A aptidão de Tailândia para o agronegócio, e a crescente chegada de produtores e investidores rurais no município, foi uma das temáticas discutidas.
“Eu nasci num projeto de reforma agrária, sou neto e filho de agricultor, e sei da importância que a agricultura familiar tem.”, afirmou Frank Almeida, do Sindicato dos Produtores Rurais e Sindimata.
Pequenos agricultores foram representados por Rodrigo Campos, do STTR, “Não dá para ficar dependendo e esperando as ações de governos, nós temos que tomar iniciativa, e é por isso que este momento é fundamental”, ressaltou Rodrigo.
Nas próximas semanas, uma série de ações serão realizadas para subsidiar a construção da Carta Proposta para o desenvolvimento econômico local.

ACITA, 30 anos de luta

A história de lutas e conquistas da ACITA, que completa 31 anos no dia 30 desse mês, se confunde com a história do município de Tailândia que no dia 10 de maio, faz 30 anos de emancipação política.
Nesse período 17 diretorias já estiveram à frente da entidade. De 2017 à 2020, Luciano Tambaroti é quem lidera a associação comercial.
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que aconteceu hoje, direto no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.