Foto: Divulgação

O Tribunal do Júri condena o assassino da empresária Jaiane Nogueira Molinari, de 34 anos. Josias Machado dos Santos foi condenado a 30 anos de prisão após o julgamento realizado no Fórum da Comarca de Cametá.

Jaiane foi morta em 6 de março de 2020, dentro do banheiro da loja dela, no centro de Cametá. O crime chocou os moradores de Cametá e Tailândia, onde a família dela mora.

Durante o julgamento Josias se negou a responder perguntas do juiz e do promotor, respondia apenas da defesa. Disse ainda que teve que matar a empresária, “baixou a Pomba Gira nela, tive que matar”.

Transmissão ao vivo do Fórum da Comarca de Cametá, após o julgamento:

Josias Machado vai cumprir a sentença de forma imediata e em regime fechado. O juiz entendeu que ele matou a vítima por motivo asqueroso, por isso, não poderá recorrer em liberdade.

Ainda corre na justiça a investigação que apura a suspeita de que o ex-marido de Jaiane tenha sido o mandante do crime. O empresário Rosivaldo da Cruz foi preso em agosto de 2020. De acordo com o Ministério Público Estadual, “Rosy”, como é conhecido, contratou Josias Santos para matar a empresária, por que não aceitava o fim do relacionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *