Paulo da Silva de Jesus estaria foragido há 5 meses do CIJAM), em Ananindeua. (foto: PM)

Paulo da Silva de Jesus, 20 anos, natural de Breu Branco, seria um interno foragido do Centro de Internação Jovem Adulto Masculino (CIJAM), localizado em Ananindeua.

Paulo confessou que matou Anderson Zucoloto, na noite da última terça-feria (26), em um salão de beleza na travessa Irituia, em Tailândia. Na transmissão feita ao vivo na página do Portal Tailândia no Facebook, no início da tarde desta quinta-feira, ele se diz arrependido de ter cometido o crime. Veja:

O criminoso afirma que disparou porque pensou que Anderson estivesse reagindo ao roubo, quando na verdade ele estava retirando do bolso chave de uma moto.

Inicialmente a polícia divulgou a imagem de outro homem, como sendo o principal suspeito do latrocínio de Anderson, Marcelo Alexandre dos Santos. Com o avanço das investigações, a polícia descobriu que a mochila que ficou no local com um alvará de soltura, foi na verdade roubado de uma casa por Paulo da Silva de Jesus.

Daí em diante, a polícia contou com o apoio e informações da população para chegar a Paulo, que foi preso pela Polícia Militar no fim da manhã desta quinta-feira (28), no bairro Piçarreira, em Tailândia. Ele está detido na delegacia de Polícia Civil do município. Junto com o assassino confesso, a PM prendeu outro rapaz que deve ser acusado por dar guarida ao criminoso.

Veja a transmissão ao vivo do dia do crime:

Comentários
  1. Esse vagabundo é de mãe do Rio, passou pelo Cijam e esse não é o seu nome, lembro que o primeiro nome dele é Igor tem 20 anos e deve estar com documento falso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.