Foram dias de angustias até que no início da tarde desta sexta-feira, a família de Valdemir Alves Gomes, de 32 anos, pode sentir alívio com a transferência dele para uma UTI.

Preocupada, foi a cunhada, Simone dos Santos, que resolveu pedir ajuda e relatar todo desespero da família, antes da transferência do cunhado ser transferido.  

De acordo com a família, o paciente deu entrada há cerca de 6 dias no Hospital Geral de Tailândia (HGT), com o quadro de infecção. O quadro só piorou e ele teve que ser internado na UCI, onde foi intubado, o que gerou reclamação da família.

Eles chegaram a pedir via Justiça a liberação de um leito. Diante da dificuldade, procuraram o prefeito de Tailândia, “Macarrão”, que conseguiu a transferência no início da tarde de hoje (10).

De acordo com Nianco Reges, coordenador do aeromédico, o quadro do paciente é grave. Valdemir Alves foi encaminhado para o hospital de Paragominas. Para alívio de amigos e familiares, que acompanhavam a angustia pela liberação de um leito.

Emocionada, a mãe disse em entrevista que acredita no retorno do filho com saúde.

Outro Lado

Em nota, o HGT informou que o paciente deu entrada com infecção urinária, tontura e complicações pós-cirúrgica. O hospital disse também que ele teve piora no quadro com um AVC, comprovado em exame de tomografia.

Veja a nota na íntegra

A diretoria Técnica do Hospital Geral de Tailândia (HGT), informa que o referido usuário deu entrada na unidade hospitalar no 22º dia pós operatório de cirurgia cardíaca, realizada em Belém. Ele internou com infecção urinária, com hipotensão, tontura, com sinais de complicação da cirurgia cardíaca. No segundo dia de internação no HGT, ele evoluiu com piora do quadro de saúde com AVC comprovado em exame de tomografia. Seu estado de saúde é considerado gravíssimo.

 Ele encontra-se internado na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e está recebendo toda a assistência de qualidade, segura e humaniza pela equipe multiprofissional do HGT. O usuário está aguardando liberação de leito, em Belém, para sua transferência

A direção do hospital assegura ainda que um familiar do paciente recebe, diariamente, Boletim Médico sobre o estado de saúde do usuário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *