No fim da tarde desta quarta-feira (7), o aeromédico retornou com duas pacientes à Tailândia, nordeste do Pará, depois que elas foram transferidas à Belém.

Uma das pacientes é Antônia Márcia, de 26 anos, que teve problemas de saúde ao ser submetida a três cirurgias no Hospital Geral de Tailândia (HGT), umas das cirurgias foi cesariana para chegada do primeiro filho dela.

A jovem ficou 24 dias em Tailândia, depois do nascimento do filho, com fortes dores no abdômen. Neste período, a família lutou para ela ser transferida à outro hospital. O caso foi parar na delegacia e até o MPPA chegou a ser acionado.

Depois de regulada, Márcia foi rejeitada por cinco hospitais públicos, é que colocam na justificada para a transferência, apenas perda da relação entre paciente e médico.

O gestor municipal “Macarrão”, do MDB, foi procurado pela família e autorizou o município a arcar com as despesas da jovem, em um hospital particular, na capital Belém.

Depois de 14 dias em tratamento em Belém, ela finalmente retorna para junto da família e principalmente junto do filho após tanto tempo. ‘Um milagre” foi como a jovem classificou se retorno para casa. D

Outra paciente que retornou

Já Jucilene dos Santos Pereira, de 36 anos, que também tinha sido transferida à Belém com problemas neurológicos retornou. Ela realizava tratamento no Hospital Hospital Ophir Loyola.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *